Tudo o que você quer saber sobre a cirurgia com o paciente acordado

Tudo o que você quer saber sobre a cirurgia com o paciente acordado

A cirurgia cerebral com o paciente acordado é um tipo de procedimento cirúrgico em que o paciente permanece consciente e capaz de falar durante a cirurgia. Isso é feito para permitir que nós, cirurgiões, possamos verificar os resultados da cirurgia em tempo real e garantir que não há danos a áreas importantes do cérebro.

Geralmente, a cirurgia cerebral com o paciente acordado é realizada para tratar problemas como tumores cerebrais que afetam o cérebro.

Durante o procedimento, o paciente é anestesiado parcialmente para minimizar qualquer dor ou desconforto. É feita uma pequena incisão na cabeça do paciente, pela qual acessamos o cérebro. Em seguida, o paciente será solicitado a realizar tarefas simples, como falar ou mover um membro, enquanto o cirurgião observa os efeitos da ação no cérebro do paciente. Após a realização dos testes, o paciente é sedado novamente e volta a dormir até o final da cirurgia. O procedimento completo dura de 4 a 6 horas e a recuperação costuma ser rápida.

Entre os benefícios do procedimento acordado, podemos destacar a remoção do tumor com maior precisão, segurança e menos riscos de sequelas ao paciente. No entanto, ainda assim a técnica é considerada complexa e deve ser realizada por um cirurgião especializado e experiente.

@dr.pedroneurocirurgiao

Acompanhe as novidades também pelo Instagram

© 2022 Pedro Augusto | Todos os direitos reservados.
Pedro Augusto